FALTA DE PROMOÇÃO NA CARREIRA MILITAR ACARRETA PREJUÍZOS

terça-feira, 18/09/2012 às 11h53min

O grande problema é que em muitas das policias Brasileira, inclusive a do Ceará, não se tem essa diferenciação entre emprego e carreira, sabendo no inicio de que em algum momento da carreira vislumbrara certo engarrafamento, promoções deixam de ocorrer sem nenhum tipo de explicação plausível.

Alguns dos motivos para termos uma polícia desmotivada é a monotonia da função, o sentimento de injustiça quando estar na lei que o policial seria promovido em um momento da carreira e ele não acontece, desmotivando o policial a continuar nessa função, outro motivo seria o descompasso institucional por exemplo um policial de uma graduação maior e responsável pela fiscalização de um outro policial com uma graduação menor, o de maior graduação recebe uma promoção e o de menor não recebe mesmo preenchendo os requisitos para alcançar outra graduação com isso a instituição começa a se desgastar, dificultando a gestão de qualquer administração.

Outro problema recorrente são as chamadas promoções desviantes que devida à falta de promoção, transfere essa pessoa para uma função menos desgastante, como se pedisse desculpa pela falha em cumprir a lei.

O policial e tratado como empregado e não como funcionário de carreira, ainda assim querem cobrar o policial uma dedicação proporcional ao status de quem tem uma carreira bem definida, e criticam ferozmente os funcionários que são indiferentes com sua corporação. Todos esses problemas afetam a vida particular do policial, deixando cada vez mais policiais doentes e desmotivados dentro da corporação.